Skip to main content

Arraso Gente com Angelo Frias Neto – Por Rosana Di Hipólito

Imagem

A admiração por pessoas empreendedoras e o sonho de ir muito mais além fez do jovem engenheiro de produção e especialista em negócios internacionais Angelo Frias Neto, que tinha um futuro promissor como executivo de uma grande multinacional, enxergar no mercado imobiliário uma nova oportunidade. Vinte e cinco anos depois ele se tornou um dos mais respeitados nomes do segmento. E Piracicaba reconhece o seu talento. A prova está no título de Piracicabanus Praeclarus que recebeu da Câmara de Vereadores. Proprietário da Frias Neto Consultoria, o empresário também está à frente da diretoria do Secovi (Sindicato Patronal da Habitação); é vice-presidente de marketing da APISB (Associação do Portal de Imóveis Secovi Brasil) e presidente da ACIPI (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba). Nas horas vagas, Frias divide seu tempo entre o convívio familiar— a esposa Celisa e os filhos Angelo, 30, e Beatriz, 24 — e os amigos. Esporte, bons vinhos, filmes, teatro e jazz são os principais atrativos nestas ocasiões. A partir de agora vamos conhecer ainda mais o empresário que é exemplo de determinação e persistência.

Arraso Gente: Como surgiu o seu interesse pelo mercado imobiliário?

Angelo Frias Neto: Desde cedo tive admiração por pessoas empreendedoras e isso teve influência direta em minha vida, esses exemplos marcaram profundamente minha forma de ver o mundo. Sou engenheiro de produção, formado pela Escola Politécnica, e atuava em uma multinacional, a Philips do Brasil. Mas sonhava muito além disso, sabia que o futuro era promissor e que eu poderia colocar em prática um modelo diferenciado de negócio. Enxerguei uma oportunidade no mercado imobiliário, certo de que estaria apto a mostrar um trabalho diferente a Piracicaba, alicerçado no profissionalismo, ética e transparência. Persistência e determinação foram os meus nortes, sempre.

Arraso Gente: Como você analisa o mercado imobiliário hoje? Que momento Piracicaba vive?

Angelo Frias Neto: O crescimento do mercado imobiliário é um fato provocado por uma conjugação de fatores virtuosos pelos quais passa a sociedade brasileira e, especialmente, a piracicabana. Hoje verificamos a ascensão das classes sociais, com aumento da renda nas classes A, B e C (hoje mais da metade da população pertence à classe média), mais a distribuição etária da sociedade, com concentração da população na faixa economicamente ativa, o que deve perdurar por cerca de 30 anos. No caso de Piracicaba, posso dizer que, além da economia aquecida pela vinda de grandes indústrias, existem fatores adicionais, que ajudam a construir esse cenário tão promissor, a começar da logística. Piracicaba está a 70 quilômetros do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), e integra uma das mais importantes malhas rodoviárias do Estado. Está inserida no Aglomerado Urbano de Piracicaba, que engloba 22 municípios com uma população estimada de 1,4 milhões de habitantes. Está prestes a integrar o sistema hidroviário, por meio de conexão que ligará a cidade à Hidrovia Tietê-Paraná. Temos os maiores centros de pesquisa do setor sucroalcooleiro, empresas que constroem usinas completas e agora um parque automotivo. Tudo instalado em uma cidade maravilhosa, cortada por um rio, com equipamentos de lazer, qualidade de vida, boas escolas e efervescência cultural.

Arraso Gente: O crédito imobiliário facilitou o acesso à casa própria, seguido do programa Minha Casa, Minha Vida. Chegou o momento tão esperado de adquirir um imóvel?

Angelo Frias Neto: A volta do crédito imobiliário foi decisiva para a incorporação, construção e venda de imóveis residenciais, nota da mente nos segmentos de classe média e de menor renda. A economia em crescimento impulsionou a produção, a locação e a operação dos empreendimentos comerciais. Piracicaba vive um crescimento adicional, com a instalação de diversas empresas na cidade e a vinda de profissionais e empresários de outros centros urbanos, gerando produção de riqueza e demanda. Por isso, os investimentos em vários produtos confirmam esse novo ciclo virtuoso de crescimento no mercado imobiliário em Piracicaba. O programa Minha Casa, Minha Vida atrai uma faixa etária de consumidores jovens, motivada pelos preços ainda atrativos da região, inclusive uma população estudantil grande consumidora do mercado, principalmente no setor de locação.

Arraso Gente: Atualmente, como presidente da Acipi, quais são as suas atribuições?

Angelo Frias Neto: Preparar o empresariado é sempre nosso maior desafio. E esse preparo só será eficiente se trabalharmos de forma contínua e organizada a formação e a qualificação de todo o conjunto de empresas associadas. Acredito nesse caminho para o desenvolvimento das pessoas, do conjunto da sociedade. Nesse sentido, a Acipi tem sido incansável no esforço de trazer cursos, convênios, escolas. Com a colaboração de uma grande equipe, conseguimos sim plantar a Escola de Negócios, em parceria com a ESPM-SP e a Unimep, o Portal de Negócios e o Memorial do Empreendedorismo. Construímos, no dia a dia, uma entidade modelo e precisamos do nosso associado integrado, unido e forte para interferir quando e onde for necessário. Aliás, as entidades empresariais têm que se alinhar, unir os empresários no debate e na organização de ideias que resultem em alternativas capazes de transformar pressão em mudanças.

Arraso Gente: Diretor Presidente da Frias Neto Consultoria de Imóveis, diretor do Secovi-SP, vice-presidente de marketing da APISB e presidente da ACIPI. Como conciliar a vida de empresário e a pessoal?

Angelo Frias Neto: O empresário precisa estar conectado a tudo, a todas as mudanças e tendências e sou muito exigente e determinado de forma geral. Ao mesmo tempo, exercito o equilíbrio entre os pesos e adoro estar com a família, com os amigos, tomar um bom vinho, viajar, assistir bons filmes, teatro, jazz, bossa nova, pedalar de speed e mountanbike.

Arraso Gente: Como foi receber o título de Piracicabanus Praeclarus pela Câmara de Vereadores? E o título de Corretor Emérito 2012?

Angelo Frias Neto: O título de Piracicabanus Praeclarus é uma honraria concedida aos nascidos em Piracicaba que prestaram serviços relevantes em benefício da sociedade. Recebi esse título com grande orgulho e satisfação, certo da responsabilidade que ele representa e evoca. Isso foi, para mim, um grande incentivo para continuar me dedicando a esse trabalho que escolhi e ao qual dediquei por boa parte de minha vida, sempre focado na formação e no desenvolvimento de pessoas. Em 2012, também fui homenageado pelo SCIESP (Sindicato dos Corretores do Estado de São Paulo) com o título de Corretor Emérito 2012 pelo trabalho desenvolvido no setor e principalmente pela formação de pessoas. E tudo foi possível graças ao apoio da família, dos amigos, da formação acadêmica sólida, que me fez atingir meus objetivos e valorizar minhas conquistas. Ao longo da vida, incentivado por meus ideais de defesa da livre iniciativa, do empreendedorismo, do desenvolvimento de nossa cidade e do nosso país, aliados ao desejo de igualdade de oportunidades e de educação de qualidade para todos, engajei-me em diversas organizações. Isso, efetivamente, fez toda a diferença.

Fonte: Jornal de Piracicaba | 27.10.2013

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: