Skip to main content

Atualização em Taiwan

 

taiwan

A busca por inovação, profissionalização do setor, excelência no atendimento e aprofundamento sobre as tendências que vão orientar o mercado de todo o planeta nos próximos anos levaram o empresário Angelo Frias Neto, diretor presidente da Frias Neto Consultoria de Imóveis, ao outro lado do mundo.

Ele esteve em Taiwan, em maio passado, para participar do 64º Congresso Mundial da Fiabci (Federação Internacional das Profissões Imobiliárias). Este ano, o evento discutiu um tema fundamental quando se pensa em mercado imobiliário e habitacional: inovação no desenvolvimento sustentável.

Segundo Frias Neto, a oportunidade de conhecer as diferenças nos padrões de desenvolvimento e políticas públicas e compreender melhor as perspectivas e tendências para o progresso imobiliário na Ásia foram balizadores para o entendimento das tendências em todo o mundo.

Mais de 1.100 líderes da indústria imobiliária mundial – 40 brasileiros – tiveram a oportunidade de debater essas inovações nos âmbitos da construção civil e do mercado imobiliário, por meio de uma grade de temas e palestrantes de primeira grandeza, e dividir experiências para ampliar seu conhecimento.

Frias Neto, que é diretor do Secovi (Sindicato da Habitação do Estado de São Paulo) e participou pela quarta vez deste congresso mundial, diz que todos os debates remeteram para a urgência no atendimento das necessidades da geração atual, com a preocupação de não comprometer a qualidade de vida das futuras gerações.

“E um dos maiores desafios para o desenvolvimento sustentável está justamente no rápido desenvolvimento das cidades, uma que o crescimento populacional que se projeta – com 75% de toda a população mundial nas cidades em 2100 – vai acarretar o aumento do consumo e todos os impactos que advêm dessa realidade”, analisa.

Trazendo as questões debatidas para o mercado brasileiro, em especial o da região de Piracicaba, onde a Frias Neto Consultoria de Imóveis opera há quase 25 anos, o empresário informa que cada vez mais os empreendedores agregam aos projetos quesitos alinhados com as políticas de sustentabilidade, o que inclui economia de energia, de água, e uma interação mais saudável entre o ser humano, o projeto e a natureza.

A participação no congresso teve este ano um fator extra, segundo Frias Neto, que deve impactar positivamente no mercado imobiliário do Brasil: a posse do brasileiro Flávio Gonzaga Bellegarde Nunes como presidente mundial da Fiabci, para a gestão 2013/2014. “Essa presença deve favorecer o fluxo de informações sobre o setor em nosso país”, avalia.

Fonte: Revista Tutti Condomínios

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: