Skip to main content

Frias Neto traz Mirante Shopping para a cidade

 

08-03-2015 ClassPB Domingo 001 a 020 - Pag(1 a 20)0803.qxd

Um investimento de  R$ 360 milhões, 2.000 empregos diretos, 4.000 empregos indiretos, movimentando estimado em 600 mil consumidores por mês, cerca de 70% deles de Piracicaba e 30% da região. Os números traduzem um pouco do projeto grandioso que acaba de ser lançado: O Mirante Shopping, que será construído na antiga fábrica Boyes. A Frias Neto Consultoria de Imóveis comemora o fato de ter sido responsável pela intermediação do negócio, contribuindo para viabilizar o empreendimento em Piracicaba. As obras serão entregues em 2017.

“Mostramos algumas áreas para a GMR e quando eles viram essa, entenderam o potencial, principalmente de integração, com a possibilidade de aproveitamento de todo o entorno, com a praça da Boyes, a avenida Beira Rio, Rio Piracicaba, Engenho e Mirante”, relatou Angelo Frias Neto.

O empresário lembra que o conceito segue tendências globais, como a de shoppings nos Estados Unidos. “Shopping não é apenas para venda de mercadorias, mas deve agregar apresentação de serviços e lazer, conforme acabamos de ver na NRF 104th Retail’s Big Show 2015, maior feira varejista do mundo, em Nova York. É um ambiente ímpar. É difícil você encontrar um local que some tudo isso e esteja ao lado do centro da cidade”, afirmou, ressaltando o adicional de geração de energia elétrica, com a reativação da central hidrelétrica, a segunda mais antiga do Brasil, construída em 1883 por Luiz de Queiroz.

“Quando eu e meu filho, Angelo Amaral Frias – que conduziu o desenvolvimento do projeto – vimos esse potencial, entendemos que casaria exatamente com o perfil do grupo GMR, que já tem investimentos nessa área em países da América Latina; tudo somou para que Piracicaba pudesse ter um shopping sustentável”, declarou.

Frias Neto destaca o prazo da obra, de 24 a 30 meses para conclusão. “É um empreendimento que vai trazer um dinamismo para a região e valorizar ainda mais toda essa orla do rio Piracicaba”, disse.

O projeto do novo shopping – distribuído em uma área de 28 mil metros quadrados de área bruta locável – inclui nove lojas âncoras, seis megalojas, 150 lojas satélites, 16 operações para alimentação, mais cinco restaurantes. A estrutura de lazer inclui seis salas de cinema de última geração, play park e academia. Junto ao shopping, também será construído um hotel 5 estrelas com 210 quartos.

Durante a apresentação do projeto, Guilherme Sahade, da GMR Gradual Malls & Realty, citou a importância de Angelo Frias Neto e Angelo Amaral Frias, como grandes anfitriões da vinda do grupo para a cidade. Ele lembrou que a negociação teve a participação do pai, Roberto Sahade, e do irmão, Marcelo Sahade. Empresários piracicabanos, de várias áreas, são parceiros do projeto.

PRESERVAÇÃO – Instalado em prédio histórico que abrigou antigas fábricas de tecidos, o empreendimento foi idealizado para preservar e valorizar as caraterísticas do patrimônio histórico, associando às mais modernas tendências da arquitetura contemporânea. O prédio foi construído há 140 anos por Luiz de Queiroz para abrigar a fábrica Santa Francisca. Posteriormente, foi sede da fábrica de tecidos Boyes.

Concebido como elemento de integração urbana, o shopping terá praça de alimentação externa, boulevard de lojas, causando a sensação de ser uma extensão da rua, permitindo a permeabilidade urbana, da avenida Beira Rio à praça da Boyes. A explicação é do diretor do projeto, Yuri Cerchiari.

Muito mais do que o antigo conceito de shopping voltado exclusivamente para compras, o complexo oferecerá entretenimento, lazer, cultura, diversão e alta gastronomia.

Durante a apresentação,o prefeito Gabriel Ferrato (PSDB) destacou a importância do empreendimento para a geração de empregos e desenvolvimento do município: “Piracicaba está na contramão do país, gerando empregos.”

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: