Skip to main content

Head Tower chega para mudar conceito de sustentabilidade

Imagem

Edifício comercial aposta em serviços exclusivos para gerar economia em consumo de água e energia

Por Caroline Ribeiro | Jornal de Piracicaba

Preocupação com sustentabilidade é um dos principais destaques do novo lançamento da Rio Verde Engenharia e Construções. O edifício comercial Head Tower, que terá suas obras iniciadas na avenida Independência a partir de abril, conseguiu aliar localização estratégica e economia de recursos naturais em um único projeto. Por meio de materiais e serviços diferenciados, o consumo de água, por exemplo, poderá gerar uma economia de até 60%. E foi por toda a eficiência ambiental que o Head Tower adquiriu o Certificado Processo Aqua, rigoroso processo brasileiro de gestão que gera um selo de Alta Qualidade Ambiental ao empreendimento.

Segundo o engenheiro ambiental Wellington Vila nova Trombela, a utilização de vidros com controle solar—que permitem iluminação natural ao ambiente — é apenas um dos recursos para minimizar o impacto da radiação solar nas fachadas. “Serão adotados vidros com baixo fator solar e alta transmissão luminosa, que reduzem a entrada de calor ao mesmo tempo em que permitem a passagem de luz do sol. Isso contribui para a eficiência energética dos equipamentos de resfriamento artificial e favorece a redução do consumo de energia elétrica, além da menor necessidade de utilização da iluminação artificial.”

Na cobertura serão adotadas telhas metálicas preenchidas com material isolante, que garantem característica isolante térmica e acústica. “Ainda visando economia de energia, o projeto luminotécnico busca equipar as áreas de convivência e circulação do empreendimento com fontes de luz de elevada eficácia e durabilidade, assim como os sensores de movimento nos hall sinternos e elevadores, que acionam as luzes somente na presença de pessoas no local”, explicou.

A preocupação com o consumo de água potável também é um fator de destaque no empreendimento. Pensando nisso, o projeto incluiu a instalação de caixas de descarga com duplo fluxo e volume reduzido, os quais apresentam dispositivos que permitem a utilização de uma descarga completa, de seis litros, ou de meia descarga, de três, conforme o tipo de efluente. E os redutores de vazão constante, de seis litros por minuto, devem ser utilizados com pressão superior a 10 m.c.a. (metros de coluna d’água) nos equipamentos sanitários e torneiras, gerando uma economia de até 60%.

O Head Tower é composto por 161 salas comerciais, com metragens de 41 a 335 metros quadrados. Há, ainda, possibilidade de modulação e pé-direito de 2,95 metros. O acesso ao edifício é fácil e prático, já que o prédio conta com estacionamento com valet, ponto de ônibus em frente e um bicicletário, recursos que também incentivam o uso de meios de transportes sustentáveis.

O empreendimento também se destaca por sua imponente fachada de vidro, bem como por sua funcionalidade, pois todas as salas serão entregues com copa, banheiro exclusivo e infra-estrutura pronta para ar-condicionado (dreno, ponto elétrico e rede frigorígena), além de salas de apoio no mezanino—disponíveis para realizar reuniões, apresentações e treinamentos. Instalado no 11º andar, os proprietários do espaço ainda podem usufruir de um sky lounge—ambiente exclusivo destinado à convivência e realização de eventos corporativos—que será entregue decorado e equipado.

Na área térrea, o Head Tower oferece estrutura para a implantação de quatro lojas, projetadas para receber diferentes tipos de serviços, incluindo alimentícios. E os detalhes visuais da área externa ficam por conta do boulevard: um agradável espaço com espelho d’água em dois níveis, bancos e mesas de madeira. O plantão de vendas funciona no local, na avenida Independência, 1.840. Também é possível obter informações pelo telefone 3302-5279.

Jornal de Piracicaba | 06.04.2014

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: