Skip to main content

Cambuí reúne equilíbrio perfeito entre estrutura e qualidade de vida

Bairro nobre da região central de Campinas, o Cambuí é um dos lugares mais desejados da cidade porque agrega tudo o que se busca quando o assunto é morar bem. Com população detentora de uma das mais altas rendas per capita da cidade, nele se encontra o equilíbrio perfeito entre a oferta de serviços e lazer, e a qualidade de vida.

Com infraestrutura bastante completa, o que inclui mercados, lojas, restaurantes, bares, hotéis, clubes, teatros, o Cambuí tem localização privilegiada, próximo a outros bairros importantes, como o Taquaral, Guanabara e Nova Campinas.

A história do Cambuí começa junto com a própria história de Campinas. O lugar onde hoje se localiza a Praça 15 de Novembro (antigo Largo de Santa Cruz) foi um dos três descampados (ou campinhos, ou campinas) a partir dos quais o núcleo urbano de Campinas se formou, ainda no século 18.

Um dos caminhos que ligava dois desses campinhos (o do atual Largo de Santa Cruz e do viaduto “Laurão”) passava mais ou menos onde hoje fica a Rua Coronel Quirino. Os arbustos denominados cambuís que existiam em grande volume no local, acabaram dando nome ao bairro

Durante boa parte do século 19, a região serviu de moradia para a população marginalizada de Campinas. Ao mesmo tempo, no Largo de Santa Cruz ficavam o pelourinho, a forca, as casas de comércio, olarias, depósitos, entre outros serviços disponíveis aos tropeiros que se deslocavam nos caminhos entre São Paulo e Goiás.

O cenário mudou totalmente com a chegada das estradas de ferro Paulista e Mogiana, na década de 1870. Nesse período, a elite local e a oriunda de outros municípios passou a se instalar nas poucas ruas do bairro, em chácaras.

No século 20 o Cambuí assumiu uma nova aparência: um bairro de chácaras senhoriais. Nas décadas seguintes, o bairro passou a ter várias mansões e, depois das décadas de 1950 e de 1960, passou por um vertiginoso processo de verticalização, no qual, sem perder as características de bairro nobre, migrou de bairro de mansões para bairro de edifícios, em sua maioria de alto e altíssimo padrão.

Em 2011, em uma conversa pela internet, o desenhista brasileiro Maurício de Souza revelou que o fictício bairro do Limoeiro, onde acontecem as histórias da Turma da Mônica, foi inspirado no bairro do Cambuí, onde ele morou durante alguns anos.

Clique aqui e confira as opções de imóveis no Bairro do Cambuí.

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: