Skip to main content

Mercado imobiliário cresce 11% em 3 anos e 94% das obras são apartamentos

Captura de Tela 2015-05-11 às 14.15.46

Estudo divulgado pelo Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP) indicou um crescimento de 11% no mercado imobiliário de Piracicaba (SP) nos últimos 3 anos. O dado que chama mais atenção é o referente às chamadas construções verticais. Entre março de 2012 e 2015, os apartamentos corresponderam a 94% das obras erguidas no município.

O estudo detectou a existência de 7.901 imóveis, sendo que 7.401 foram apartamentos. Número extremamente superior às 500 unidades verticais construídas no período analisado. As casas correspondem a 6% do total.

“As casas estão mais complicadas para achar, bem mais caras”, disse a empresária Gislaine Svazate, que está em busca de um imóvel.

Os apartamentos de 2 dormitórios tiveram destaque no estudo, com 4.565 unidades, ou seja, 58% do total lançado ao longo desse período.

Foi um desses que o casal Sidney dos Santos e Giovana Servija compraram no início do ano, com entrega das chaves prevista para 2017.

“Os empreendimentos que estão saindo na cidade são, na maioria, dois quartos. E o preço é melhor”, disse Giovana, que é nutricionista.

“O preço sem dúvida é um diferencial. A facilidade de construir em áreas centrais também beneficia a logística de transporte dos moradores. Isso sem falar da segurança”, comentou o conselheiro regional do Secovi, Angelo Frias Neto.

Após os apartamentos de 2 quartos, vieram os imóveis de 3 dormitórios, com 1.414 unidades lançadas – participação de 18% nesse universo. Já os imóveis de 1 dormitório tiveram a menor concentração de lançamentos, com apenas 3% do total.

“É um sonho realizado. Com o valor que paguei não conseguiria comprar comprar uma casa”, disse à EPTV a administradora Flávia Marcelino, ao explicar a compra do seu quarto apartamentos nos últimos anos.

Fonte: G1
http://g1.globo.com/sp/piracicaba-regiao/noticia/2015/05/mercado-imobiliario-cresce-11-em-3-anos-e-94-das-obras-sao-aptos.html

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: