Skip to main content

Visando melhorias

Objetivo é alinhar ações para minimizar reclamações no fornecimento de energia

Interrupções rápidas com frequência e oscilações na rede de energia elétrica foram as principais razões para a reunião realizada ontem (4) entre representantes da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba) e da CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz). Comerciantes e empresários instalados na área central e em alguns corredores, como Vila Rezende, Algodoal, Cidade Alta e Uninorte, reclamam dos “piscas” regulares, que podem ocasionar até mesmo queima de equipamentos.

“Tivemos a ocorrência de reclamações de empresas associadas a respeito das interrupções de energia. Por isso, resolvemos chamar a CPFL para discutir esse problema e alinhar ações para sua solução”, afirmou o vice-presidente da Acipi, Angelo Frias Neto, durante a reunião. O engenheiro Evandro de Souza Freire, do serviço de campo da CPFL, explicou que as quedas podem ocorrer por causa de interrupções programadas ou acidentais na rede de energia. “As interrupções programadas são previstas com antecedência pela CPFL, quando a companhia precisa realizar algum trabalho de reparo na rede. Quando isso acontece avisamos os nossos clientes dos serviços que serão realizados. Já as interrupções acidentais tratam-se de imprevistos, ocasionados por acidentes na rede elétrica da CPFL. Quando um veículo bate em um poste, por exemplo, causa um dano, o que pode resultar numa oscilação de energia naquela área do acidente”, afirmou.

Sérgio Furtuoso e Ângelo Frias Neto (Acipi) se reuniram com o engenheiro Evandro de S. Freire na associação
MINIMIZAR

Para contribuir com a minimização das reclamações a Acipi se comprometeu em transmitir as informações de quedas à CPFL para que sejam analisadas as causas e tomadas as providências. Em contrapartida, a CPFL se comprometeu em verificar os casos mapeados pela Acipi e responder às demandas identificadas pela entidade.

“É uma forma de agirmos mais rápido, porque já teremos o problema detectado. É uma parceria que pode funcionar”, completou o engenheiro. Durante reunião, a CPFL destacou que possui canais de atendimento para fornecimento de informações sobre as interrupções de energia. “O cliente pode, por exemplo, ser avisado sobre as interrupções programadas e qual a previsão para o restabelecimento do sistema por meio de uma mensagem de celular (SMS). Basta enviar o código do consumidor, que está na conta de energia, para o número 27351. O serviço é gratuito. O cadastramento do celular também pode ser realizado pelo site: cpfl.com.br e a companhia também oferece atendimento gratuito pelo telefone: 0800-010-10-10”, afirmou Freire.

Fonte: Gazeta de Piracicaba

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: