Skip to main content

SPC Imobiliário

Untitled

Por meio de um convênio assinado entre o CRECISP – Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo – e a Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas de São Paulo (FCD – LESP), os profissionais poderão obter todas as informações cadastrais necessárias à segurança das transações.

O SPC Imobiliário, lançado recentemente pelo Serviço de Proteção ao Crédito, colocará à disposição dos corretores um banco de dados com vários níveis de consultas, incluindo relatórios sobre protestos, pendências financeiras, cheques sem fundo, participações em empresas, etc.

Assim, basta ao profissional estar regular perante o Conselho para que possa utilizar essa ferramenta sem custos com anuidades, pagando somente pelas consultas efetuadas com descontos especiais.

Umas das vantagens do SPC Imobiliário é que ele poderá ser acessado tanto por Pessoas Físicas quanto Jurídicas, propiciando que os profissionais possam registrar os nomes de seus clientes inadimplentes no SPC/Serasa. “Esse é um recurso de grande valia, especialmente para os corretores autônomos”, comemorou o conselheiro do CRECISP, José Augusto Vianna Neto, o SPC Imobiliário é uma conquista que facilitará muito o dia a dia do setor. “Haverá mais segurança nas transações, pois o corretor receberá uma gama de informações que permitirão uma análise mais aprofundada dos clientes, diminuindo os riscos com fraudes e a inadimplência. E tudo isso a um custo bastante compensador.”

CONVENÇÃO

As sub-regionais de Piracicaba, Bauru e Marília reuniram membros de comissões e grupos de trabalho para a realização das Convenções Administrativas do segundo semestre de 2015. O evento já prepara as equipes para o Encontro de Líderes agendado para novembro. Separados em duas salas temáticas, os corretores discutirão as atividades realizadas ao longo de um período e nortearam os debates sobre processos de inscrição, loteamentos, ética e disciplina, conciliação, ações sociais, divulgação, pesquisa, informática e mulher corretora.

Delegados, conselheiros e corretores puderam dirimir dúvidas e questionar a respeito das competências de cada comissão.

O presidente Viana é um entusiasta das convenções como forma de aprimoramento profissional e reciclagem de conhecimentos.

*Matéria publicada na Gazeta de Piracicaba, dia 16 de setembro de 2015.

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: