Skip to main content

Empresa investe R$ 190 mi em Piracicaba

Fonte: Jornal de Piracicaba

Atenta ao potencial de crescimento do interior paulista, a Construtora Adolpho Lindenberg anunciou ontem investimentos da ordem de, pelo menos, R$ 190 milhões para dois projetos de alto padrão em Piracicaba. Um deles, residencial, deverá ser lançado ainda neste ano, em novembro, dentro de um terreno de mais de 7.000 metros quadrados, no bairro Nova Piracicaba. Há, ainda, um projeto de uso misto (comercial e residencial) localizado na área central, com previsão de entrega em 30 meses.

Crescimento da região motivou escolha de empresa

Fundador da construtora há 55 anos e um dos mais renomados arquitetos brasileiros, Adolpho Lindenberg chegou logo pela manhã à cidade, acompanhado do filho e um dos diretores da construtora, Adolpho Lindenberg Filho, e do diretor Charles Nader, para apresentar os planos da empresa ao prefeito Barjas Negri (PSDB). Um pouco antes, em um café da manhã voltado à imprensa, ele também falou sobre os projetos e da sua experiência em construções marcadas pelo estilo neoclássico. “Sempre gostei de ver novidade. Para mim, viver é inovar e primo por esse conceito na hora de construir. Procuramos não fazer um prédio com apartamentos iguais. Pelo contrário, queremos que cada apartamento seja uma casa e um prolongamento da personalidade do cliente”, declarou Lindenberg, estampando uma jovialidade ímpar aos seus 86 anos.

Para o arquiteto, a escolha de Piracicaba acompanha o crescimento do interior paulista, motivado pela mudança de perfil comprador. “Aquela idolatria pela capital não existe mais desde 2005. Esse sentimento está sendo substituído pela constatação de que cidades do interior apresentam o mesmo nível de São Paulo, com instituições de ensino de primeiríssima ordem. Prova disso é que hoje nós concretizamos muito mais projetos em localidades do circuito regional do que na capital”, explicou o empresário, lembrando que, em São Paulo, a expansão do setor perdeu ritmo por conta do crescimento principalmente do Nordeste e Sul de Minas, responsáveis, até então, por grande parte da mão de obra enviada para as construções da capital. Atualmente, a empresa tem dez empreendimentos distribuídos em Ribeirão Preto, Santos, São Caetano, Santo André, Osasco e Itu.

Questionados sobre o atual momento do mercado imobiliário, os representantes da empresa foram unânimes em dizer que “não ocorre e nem vai haver bolha imobiliária”. “O Brasil está expandindo, com salários crescentes e desemprego em queda. Apesar dos juros altos, o crédito existe, as vendas dos imóveis se dão em maior número de prestações, o que deve facilitar as comercializações”, analisou Adolpho Lindenberg Filho, 56.

INVESTIMENTO — O projeto residencial tem VGV (Valor Geral de Venda) de R$ 190 milhões, montante que deve vir, em parte, de financiamentos bancários. “Já tivemos uma grande receptividade do poder público e estamos nos adequando com a preocupação relacionada ao crescimento da cidade”, contou Lindenberg Filho. Para o empreendimento misto, haverá lojas no térreo, salas de convenção, mais nove andares com salas comerciais e outros nove andares com apartamentos. Nesse caso, ainda não foi estimado um valor de venda. Segundo o diretor da empresa, Charles Nader, o projeto residencial une espaço de lazer e moradia. “Sentimos que, diferente de São Paulo, o piracicabano gosta do convívio comunitário”, afirmou Nader, ressaltando que é o acabamento e não o tamanho que determina se um apartamento é ou não de alto padrão.

A comercialização será coordenada pela Frias Neto Consultoria de Imóveis e contará com a participação de outras imobiliárias da cidade. Quanto aos preços, ainda não há uma definição.

MERCADO IMOBILIÁRIO Em coletiva de imprensa, Construtora Adolpho Lindenberg apresentou planos para execução de dois projetos de alto padrão no município.

Interesse pela cidade é crescente

O número de empresas interessadas em lançar empreendimentos imobiliários em  Piracicaba é crescente. A afirmação é do presidente do Ipplap (Instituto de Pesquisas e Planejamento de Piracicaba), João Chaddad, que participou ontem da reunião entre a equipe da construtora Adolpho Lindenberg e o prefeito Barjas Negri (PSDB). “Diariamente, recebemos empresários procurando áreas para investir”, afirmou ele, avaliando de forma positiva a vinda da construtora paulistana. “Me chamou a atenção o aspecto original de se fazer apartamento. A Lindenberg combina o estilo de vida atual ao de dez anos atrás, com cômodos amplos”, destacou. Além da preferência por bairros como Altos da Paulista e Bairro Alto, os piracicabanos têm optado por áreas da Vila Rezende. Considerada a grife do mercado imobiliário brasileiro, a Lindenberg entregou cerca de 500 empreendimentos a mais de 5.000 clientes em todo o Brasil.

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: