Skip to main content

3.222 empresas são abertas na cidade em nove meses

Renato Barbosa, 28, abriu uma loja especializada em confecção e estamparia há seis anos, na Vila Independência. O piracicabano Dirceu Azevedo, 45, tem desde 2008 uma plataforma eletrônica de negócios para agentes do setor sucroenergético. Em comum, eles contam com qualidades que um empreendedor precisa ter para sobreviver às oscilações de mercado. Só neste ano (de janeiro a setembro), foram abertas 3.222 empresas em Piracicaba, um aumento de 16,6% em relação aos nove primeiros meses do ano passado, de 2.762 empreendimentos, segundo dados da Jucesp (Junta Comercial do Estado de São Paulo). No mesmo período, o número de encerramentos cresceu 5%, passando de 545 registros em 2011 para 572 na parcial deste ano. No Dia do Empresário Brasileiro, comemorado hoje, o Jornal de Piracicaba retrata opiniões de representantes do comércio, indústria e serviços sobre o atual momento vivido pelo empresariado local e os principais desafios desse profissional.

Para o presidente da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba), Angelo Frias Neto, Piracicaba se destaca no cenário nacional. “Apesar das dificuldades econômicas, os números mostram que o momento é favorável para a nossa cidade. A vinda de novas empresas gera uma série de necessidades e movimenta setores como o de serviços e comércio”, analisou Frias Neto. Na sua avaliação, os maiores desafios dos empresários estão relacionados às oscilações do mercado, às legislações tributária e trabalhistas e à falta de infraestrutura pública.

Para driblar as dificuldades, é importante que o empreendedor tenha “jogo de cintura”. “Ele precisa ter determinação e conhecer as características do setor em que atua”, frisou o presidente da entidade. De acordo com o mesmo levantamento da Jucesp, o aumento da atividade empresarial no município esteve atrelado principalmente à maior adesão ao programa MEI (Microempreendedor Individual), em prática desde julho de 2009 e que contempla trabalhadores com faturamento máximo de R$ 60 mil. Foram 2.104 novos microempreendedores individuais entre janeiro e setembro, 56% a mais que em igual intervalo de 2011, quando 1.346 pessoas aderiram ao programa. “Isso significa inclusão e novas oportunidades de negócios, na medida em que esses trabalhadores passam a ter acesso uma série de benefícios”, acrescentou Frias Neto.

Foi como MEI que Barbosa ingressou como empresário. “Trabalhei com confecção e estamparia durante muitos anos, até que resolvi abrir meu próprio negócio. De MEI passei para microempresa. Graças a Deus, não falta serviço”, contou. Para ele, o sucesso está em combinar preço e qualidade. Já o empresário Azevedo resolveu apostar no setor sucroenergético, onde atua há mais de 20 anos. “Como funcionário de usinas, participava frequentemente de feiras e eventos e via que não tinha um canal para as empresas exporem seus produtos 24 horas por dia. Apesar da crise, tenho sentido uma grande evolução do portal”, falou.

INDÚSTRIA — Na indústria, a falta de uma política pública para o etanol continua sendo o maior entrave para a retomada de investimentos. “É preciso descolar os preços da gasolina da cotação internacional. Estamos importando um produto mais caro e vendendo mais barato”, afirmou o presidente do Simespi (sindicato patronal das indústrias), Tarcisio Angelo Mascarim.

Segundo o gerente-regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) em Piracicaba, Homero Scarso, os efeitos das medidas anunciadas pelo governo, como a redução da taxa básica de juros (Selic), do custo de energia e a desoneração de folha de pagamento, deverão ser sentidos pela indústria a partir de 2013.

Fonte: Jornal de Piracicaba

——————————————————————————————

O SPLENDOR OFFICE

No Dia do Empresário Brasileiro oferecemos para você, empresário, um dos mais sofisticados e completos empreendimentos comerciais de Piracicaba: o SPLENDOR OFFICE

Dono do slogan “Completo para sua empresa, exclusivo para seus clientes”, o Splendor Office nasceu de pesquisas avançadas da Embraplan Engenharia que traduz um empreendimento com edificação que reflete o que existe de mais avançado em tecnologia predial e serviços corporativos.

Com um total de 29 pavimentos distribuídos em térreo, que inclui praça de convivência, café e restaurante, sala de convenções, sala de reuniões e lobby com pé direito duplo, mais 23 andares para escritórios, consultórios ou salas administrativas, cinco subsolos de garagem, seis elevadores sendo dois panorâmicos, projeto sustentável e alta valorização.

Espaços flexíveis com metragem de 42m² a 418m² a infraestrutura do Splendor Office conta com:

  • 1 a 15 vagas de garagem;
  • Salas modulares preparadas para piso elevado;
  • Infraestrutura para instalação de ar-condicionado;
  • Terraço envidraçado com vista panorâmica em todas as salas;
  • Infraestrutura para instalação de Circuito Fechado de TV;
  • Estacionamento rotativo com manobrista;
  • Doca de Recebimento e Expedição de mercadorias;
  • Grupo Gerador de Energia para elevador de Emergência e iluminação de áreas comuns;

Meio Ambiente. Um edifício totalmente sustentável. O Splendor Office será todo planejado dentro dos padrões internacionais de atendimento, monitorado via internet para oferecer todo conforto e segurança para seus clientes. Entre os pontos destacados no projeto sustentável destaca-se o uso racional da água, a recliclagem, preservação do meio ambiente, redução da poluição e o uso racional da energia.

LOCALIZAÇÃO. O sucesso do Splendor Office também é resultado de um espaço utilizado com inteligência. Aquele que amplia as suas possibilidades e, ao mesmo tempo, enriquece a sua relação com a sociedade.

O Splendor Office localiza-se na Rua Tiradentes, 1174, Centro. 

Quer mais detalhes do SPLENDOR OFFICE? Acesse o SITE ou converse diretamente com nossos consultores de lançamentos pelo CHAT.

PARABÉNS A TODOS OS EMPRESÁRIOS!

Comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: